Reflexões de um culto de domingo

familiaDomingo, 19:00 horas em ponto os crentes começam a chegar numa pequena igreja para o culto que acontece sempre nesse mesmo horário e local. Esse domingo não foi mais especial que os outros, não teve qualquer coisa diferente do normal, nada que pudesse chamar a atenção de alguém, não houve cura, nem mesmo uma nova alma aceitou Jesus, culto normal, culto da família.

 

            Mas o que poderia ter de tão especial num culto da família?

A família é algo realmente especial pra Deus e possivelmente a resposta para esse pergunta. Tinham alguns casais com e outros sem filhos, jovens, idosos, crianças de colo… Algumas dessas pessoas já foram usuários de drogas e/ou álcool, agora estão em um simples culto, agradecendo e adorando a Deus por sua oportunidade de estar ali naquele momento, agora esses podem se dedicar aos seus familiares e não mais aquele vício que roubava todo tempo de suas vidas, isso é o que costumamos chamar de libertação.

Uma vez alguém me falou algumas palavras do tipo: ó aquele teu irmão da igreja era um bêbado e agora que passou pra crente acha que é um santo! Ainda reflito sobre aquelas palavras e penso: por qual motivo algumas pessoas preferem ver alguém numa situação ruim do vê-las transformadas? Talvez seja maldade, ignorância, falta de amor… Pode ser tantos motivos que não cabe aqui especular. Só mesmo quem presenciou uma mudança de vida pode entender a importância desse renovo.

 Algumas considerações

A vida funciona diferente pra cada pessoa, algumas vão dizer que passar uma noite de domingo vendo o fantástico é um programa excelente, outras preferem ir para uma balada curtir com ilustres desconhecidos amigos de face. Existem variadas formas de viver uma noite de domingo.

Nos últimos dois anos tenho ido quase todos os domingos aos cultos, nesse momento você pode estar apontando pensando que não tenho vida social ou que não tenho mais o que fazer. No entanto esses dois últimos anos foram mais interessantes que quaisquer outros. Nos cultos de domingo conheci pessoas incríveis, com visões diversas, mas que compartilham da mesma fé e buscam acertar o mesmo alvo, que é um dia poder morar no Céu.

A única certeza que temos é que um dia nossa vida chegará ao fim e quando esse dia chegar, o que você levará das suas noites de domingo?

This entry was posted in Família and tagged , . Bookmark the permalink.