O socorro de Deus veio num envelope.

envelope

Com uma considerável experiência como funcionário em uma oficina mecânica e com o sonho de independência financeira, Wagner resolveu que era hora de ter seu próprio negócio… Juntou o que tinha, seu carro, algum dinheiro, conseguiu um sócio e abriu a sua tão sonhada oficina.

Talentoso e honesto tinha tudo para ter sucesso na sua nova empreitada, no entanto a vida nem sempre funciona conforme nossos planos e por alguns infortúnios acabou quebrando. Faliu a ponto de ficar sem carro, sem a nova oficina… Estaca zero, início novamente… E agora? Voltar para um emprego? Tentar novamente?… Tantas idéias, tantos planos… Quantas coisas passam pela cabeça de quem perde o chão.

Hora de levantar a cabeça e tentar novamente, afinal ele não era o primeiro a falhar e a vida está toda pela frente e ainda tinha lhe restado seu conhecimento como mecânico e sua fé. Voltou a trabalhar, e comprou um carro novamente, um carro usado e muitas prestações para pagar (cada parcela era R$380,00, o que na época era uma quantia razoável), ainda mais pra que está recomeçando e precisa sustentar uma família. Sua preocupação era bastante grande em relação ao carro, pois ele era seu instrumento de trabalho, então disse a sua esposa, que cuidava das finanças da família, mulher nunca atrase nenhuma prestação do carro, dependemos dele para o trabalho. Algum tempo depois, o Wagner recebe uma visita em sua oficina, de um sujeito que tinha seu ônibus vendido por sua indicação; O homem perguntou ao Wagner quanto seria sua comissão pela venda, que respondeu que não tinha qualquer comissão, pois na verdade ele sabia que um amigo precisava comprar e outro precisava vender e apenas aproximou comprador e vendedor, mas se ele quisesse dar uma “gorjeta” seria bem vinda, quando o visitante pegou um envelope e tentou lhe entregar, ele disse que entregasse a sua esposa, pois ela que cuidava dessa parte. Wagner pensou que tinha ganhado uns 50 reais e até poderia comer uma pizza por conta da gorjeta, quando olha sua esposa com uma lágrima nos olhos e um sorriso no rosto, então perguntou o motivo e ela respondeu: Amor, hoje eu paguei todas as contas, menos a prestação do carro, não tinha dinheiro pra isso e a prestação vence hoje e no envelope tem exatamente R$380,00.

Às vezes nós achamos que Deus não se lembra de nós, principalmente nossos momentos mais difíceis, mas um pai nunca se esquece dos seus filhos. Essa história é verídica e aconteceu para que pudesse ser compartilhada. Talvez ela tenha servido para aumentar a fé de quem recebeu o envelope, talvez esse fato tenha acontecido para que você acredite que é possível lutar pelos seus sonhos. Faça sempre o seu melhor e o que você não puder fazer, Deus proverá.

This entry was posted in , Testemunho and tagged . Bookmark the permalink.