O homem que queria ver Jesus

Jesus nas pessoasHavia um homem que gostava muito de ir na igreja, praticamente não perdia um culto e o sonho dele era ver Jesus. Este homem era um pouco egoísta e até sabia disso, pensava que talvez essa atitude poderia não deixar ele ver Cristo, mas não se preocupava tanto. Um dia conversou com seu pastor e pediu um conselho sobre esse assunto que já o incomodava fazia tempo. Seu pastor que era um homem sábio e bondoso lhe disse que ele já via Jesus todos os dias e o mestra estava em uma pessoa que ele costumava conviver, mas que ainda não tinha percebido.
O homem saiu furioso com o seu pastor; como poderia Jesus estar em alguém conhecido, se eram todos pecadores e Jesus estava no céu, se o pastor tivesse falado que veria num sonho ou quem sabe uma visão em um daqueles cultos, ainda que vá, mas em um conhecido era inaceitável. Foi pra casa e aos poucos foi se acalmando e pensando que talvez o seu pastor tivesse razão, ainda que essa fosse pra ele uma ideia estúpida e sem propósito.
No dia seguinte, olhou pra esposa, e pensou. aquela mulher grossa não poderia ser Jesus, olhou para os filhos e imaginou que a possibilidade era ainda menor, rebeldes sem causa… Ao sair na porta olhou para o seu pedreiro e calculou, esse aí até fuma, esquece… Chegando ao trabalho olhou para cada um de seus funcionários, nada de bom havia ali; pensou mais uma vez consigo, Jesus definitivamente não estava no seu trabalho.
Os dias foram passando e o homem começava a se incomodar com a situação pensando, meu pastor é um homem sério, não ia brincar com uma coisa dessas. Acordou mais uma vez ao lado da esposa e tentou olhar diferente pra ela, se realmente Cristo estivesse em sua esposa, então estava tratando-a de uma forma ruim, deu um sorriso e passou a tratá-la como achava que Cristo devia ser tratado, com os filhos também teve a mesma atitude e aos poucos eles foram sendo mais gentis com o pai.
Ao sair cumprimentou o seu pedreiro, perguntou como estava a sua família, falou sobre os males que o cigarro poderia causar a saúde e que já tinha testemunhando que alguns dos membros de sua igreja eram ex-fumantes e Jesus os tinha libertado do vício… Estranhamente, para ele, o resultado da conversa foi que o seu funcionário ficou interessado em visitar a igreja onde ele congregava. Foi uma conversa estranha, pensou, mas o resultado ótimo.
No seu trabalho resolveu tratar seus funcionários como se eles também fossem Jesus, o resultado foi que eles começaram a respeitá-lo mais, e agora o tinham como amigo e não mais como aquele patrão carrasco como era conhecido, a empresa que estava quase falida começou a melhorar por conta do empenho de seus colaboradores e ele entendeu que se Jesus estivesse ali ou não, seus funcionários mereciam um salário justo.
Em casa começou a lembrar de sua mãe, que ele mesmo havia deixado em um asilo fazia cinco anos, visitada uma vez por ano ou nem isso, seu pensamento ficou um pouco triste quando lembrou que talvez fosse nela que Jesus estivesse, como poderia conviver com isso… Então foi até sua mãe e pediu perdão por abandoná-la, perguntou se ela gostaria de voltar para casa, com todo aquele arrependimento sincero ela aceitou de pronto e voltou pra casa do seu filho… Ao sair ele imaginou que Jesus poderia ter ficado naquele lar de idosos, mas como não poderia levar os outros, resolveu que iria ajudar com uma quantia mensal em dinheiro e iria motivar seus amigos e conhecidos a visitarem aquelas pessoas com ele e também ajudar da forma que pudessem.
Depois de seis meses passando por essas experiências o homem voltou ao seu pastor que lhe perguntou: Então meu irmão, você conseguiu ver Jesus? Ele tinha a resposta na ponta da língua: Sim pastor, quando eu comecei a tentar ver Jesus nas pessoas, percebi que todos são filhos e filhas de Deus e o que Cristo disse em João 15:12 “O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.”, faz tanto sentido que não posso mais viver sem isso na minha vida.
E você caro leitor, consegue perceber um filho de Deus em alguém que você não suporta? Em uma pessoa que “socialmente não tem cara de Cristo”? A resposta está em seu coração, procure ver Jesus em naqueles que a vida coloca como próximo e milagres acontecerão em muitos corações, mais ainda no portador dos olhos que pode ver Jesus onde ninguém mais consegue ver.

This entry was posted in Geral. Bookmark the permalink.