O homem que queria ver Deus

Passarinho de DeusMais uma noite, outra oração, novamente o mesmo pedido, Senhorrrr, Meu Deus, Papai do céu (hoje ele estava um pouco dramático), continuava sua oração da seguinte forma: Deus, eu preciso que você fale comigo, como posso acreditar em você se nunca te vi, nunca ouvi sua voz, nem sei exatamente como você é, amanhã quando eu acordar, quero que o senhor fale comigo, podia ser agora, mas acho que amanhã é melhor….. Orou mais um pouco e foi dormir.

Quando amanheceu, olhou ao redor e nenhum sinal de Deus, abriu a sua janela e apenas viu novamente um passarinho amarelo cantando numa árvore que ficava próxima de seu quarto, como canta bem, pensou consigo, mas o deixou de lado e seguiu sua rotina diária, terça-feira, o que significava um longo dia de trabalho. Contrariado por não ter sido respondido novamente, trabalhou, trabalhou, de mau humor, trabalhou, trabalhou e foi para casa, jantou e conversou com a família, antes de deitar leu a Bíblia e orou novamente para que no próximo dia pudesse ver ou ouvir Deus, dessa vez já estava um pouco arrogante.

Seus últimos meses eram quase sempre iguais, passava o dia bravo com Deus e a noite pedia para ouvir e ou ver o aquele que era o principal personagem da Bíblia Sagrada, tanto tempo se passando, tantos pedidos e nada acontecia, talvez Deus não exista, era seu pensamento mais rotineiro, deve ser isso mesmo, repetia para si, isso é apenas um conjunto de histórias que as pessoas inventaram e outros ainda mais doidos juntaram nessa coleção, só pode ser isso. Dormiu, acordou e como nos outros dias apenas aquele bichinho amarelo cantarolando na sua janela. Alguns dias se passaram, mas a rotina foi a mesma.

Era domingo, dia de culto, nosso personagem pensava sozinho, o que adianta ir naquele lugar que chamam de casa de Deus? Poxa, eu tenho orado, crido em tudo que ouço, mas o Deus que eles dizem ser de verdade, que morreu na cruz e ressuscitou no terceiro dia não é capaz de falar uma vez comigo, acho que não vou mais lá, o que adianta ser cristão se o Cristo nem gosta de mim. Se dependesse dele, hoje e nem nunca mais iria para a igreja e provavelmente não voltaria e ler aquele livro de histórias inventadas, mas como era a primeira vez que sua filha ia tocar na banda da igreja, resolveu cumprir com sua palavra e levar a família ao culto.  Estava tudo dentro do normal, como sempre, mas aos poucos o clima foi mudando e do nada uma pessoa de outra cidade, que visitava aquela congregação e nunca tinha visto o homem de nossa história, levantou-se, foi em sua direção falando assim: Filho meu, como você pode dizer que não te amo? Como podes ter a coragem de afirmar que não ouço sua oração? Quem tem cuidado de ti e tua família? E tem mais uma coisa que vou dizer para que saiba que sou teu Deus, todas as manhãs me visto de um amarelo dourado e canto em sua janela para alegrar seu dia, mas você não pode me ver na beleza e nem me ouvir no canto daquele passarinho. Foi preciso apenas isso para que ele caísse de joelhos e pedisse perdão por suas murmurações e descrença, depois daquele dia esse homem pode ver Deus de tantas maneiras que jamais imaginou ser possível.

Deus fala de forma que às vezes não percebemos, precisamos em muitas ocasiões, parar e refletir para ver que somos abençoados, que todos os dias acordamos com a possibilidade de ser o último e mesmo assim não aproveitamos para agradecer por tantas bênçãos que recebemos de nosso Pai que está nos céus e deu seu único filho para que tenhamos vida e vida em abundância. Pense nisso!

This entry was posted in Jesus Cristo and tagged , , . Bookmark the permalink.